fbpx

Blog

Fique por dentro das notícias e novidades da LogLife.

POP de Transporte de Material Biológico

POP de Transporte de Material Biológico

O POP de transporte de material biológico é parte fundamental da exigência da legislação e faz parte da tríade de documentos essenciais para todos os motoristas serem treinados.

O que significa POP?

Antes de tudo, é importante definirmos o significado de POP

Ele significa Procedimento Operacional Padrão e é muito utilizado em empresas com padronização pela ISO, PALC, ONA, etc.

A ideia do documento é padronizar os procedimentos a serem executados de forma a se garantir o ganho de escala padronizado.

O que é o POP de Transporte de Material Biológico?

Ele é um documento onde devem constar a formalização da parceria transporte, com todos os pontos acordados entre a transportadora e o laboratório.

Elaboração do POP de Transporte de Material Biológico

Quem elabora?

Geralmente ele é elaborado pela transportadora e assinado pelas duas partes.

Quem deve assiná-lo?

O documento deve ser assinado, pelo menos, por quem o elaborador, quem o revisou, pelo cliente e pelo responsável na transportadora.

Campos gerais

A princípio, os documentos padronizados devem conter:

  • Título
  • Versão
  • Data da última atualização
  • Paginação
  • Nomes e assinaturas dos responsáveis pela elaboração e aprovação do documento
  • Abrangência
  • Documentos de referência
  • Objetivo do documento.

Definição das Embalagens

Um dos pontos a serem tratados no POP de transporte de material biológico é o tipo de embalagem a ser utilizada, bem como quem será responsável pelo fornecimento.

Portanto, o ideal é que o documento esclareça sobre o uso e responsabilidade pelo fornecimento de:

  • Embalagem primária;
  • Secundária;
  • Terciária;
  • Isopor (se for intermunicipal);
  • Plástico bolha (se aplicável);
  • Manta absorvente;
  • Lacre de segurança;
  • Gelo ou Gelo Seco.

Definição de Nomenclaturas

Outro ponto importante no POP é a definição clara das nomenclaturas. São elas:

  • Remetente: quem envia o material
  • Destinatário: quem recebe o material e o processa
  • Tomador: quem paga pelo transporte do material biológico
  • Transportadora: quem transporta o material biológico

Declaração de Conteúdo

É importante que no POP de transporte de material biológico haja a definição do tipo de declaração de conteúdo a ser utilizada, bem como quem será responsável pelo preenchimento e arquivamento da mesma.

Preparação do Material

Seguindo mais um tópico, o documento deve deixar claro quem será responsável por manusear e embalar o material biológico, colocando as embalagens primárias, secundárias e terciárias devidamente lavradas e prontas para o transporte.

Em geral isto é responsabilidade do remetente, pois é um profissional da saúde.

Registro de Temperatura

Paralelamente, outro ponto importante a ser esclarecido é a responsabilidade pela aferição, registro e armazenamento do dado da temperatura de saída e chegada.

Endereços

Igualmente importante, os endereços da operação, assim como os horários e a rota de transporte devem ser definidos neste documento.

Ao mesmo tempo, todas as cidades atendidas nesta operação devem constar no documento.

Portanto, a ideia é que ele sirva de base para o treinamento do time operacional interno e externo da transportadora.

Validação de Transporte

É importante que o POP seja definido a partir de uma validação de transporte, pois é o estudo que vai esclarecer as condições ótimas para um transporte seguro das amostras.

Consequentemente, se na validação foi definido que serão utilizadas 2 caixa de 3L, com 2 gelox em cada, no POP da operação deve constar exatamente esta informação.

Treinamentos

Antes de mais nada, o objetivo da existência de um POP de transporte de material biológico é para ser a base padronizada para treinamento da equipe. Por isso, ele deverá ser utilizado para capacitar novos entrantes internos (gestão) e externos (motoristas) nas operações executadas.

Este treinamento deve ser registrado e arquivado para apresentação ao cliente e em fiscalizações sanitárias. A sua reciclagem deve acontecer anualmente ou quando houve alguma alteração no procedimento.

Um cliente e um POP

Cada cliente deve ter a sua operação registrada em um POP próprio, com todas as suas particularidades e definições.

O POP faz parte então do que a RDC 20 chamou de “procedimento escrito”.

COMPARTILHAR


Inscreva-se em nossa News Letter

E fique por dentro das novidades da LogLife

Precisa de ajuda? Converse conosco